Seja bem vindo

Quando o dia amanhece Deus abençoa a todos, quando a noitece Deus dar o descanso para o corpo, mas mantém seu espirito em vigilancia. Permaneça firme em tudo que deseja realizar com fé e segurança.

Pesquisar este blog

sábado, 12 de junho de 2010

Projeto Lei de Reajuste Salarial dos Professores da Rede Pública Municipal de Carpina

Projeto Lei de Reajuste Salarial dos Professores da Rede Pública Municipal de Carpina foi apresentado na Câmara dos Vereadores Municipal do Carpina, mas o projeto não foi aprovado. O projeto Lei precisa ser revisto alguns artigos que deixaram dúvida no que se referem a gratificação de magistério, pois onde se fala em preservar os 25% de pó de giz, no artigo final revoga o direito de 50% garantidos na Lei 1072/98 que estar sob júdice, ou seja, anula um dos artigos da Lei 1072/98 que fala do pó de giz ferindo constituicional. Outrossim, no que se referem ao retroativo ao mês de janeiro e aos aposentados o projeto lei de ajuste salarial não contempla. Os profesores, uns ficaram indignado por o Projeto Lei não ter sido aprovado e outros ficaram indignado por esse projeto não comtemplar os aposentados e os demais professores com efeito retroativo. Para os vereadore aprovar o Projeto Lei, é preciso que se faça um estudo acompanhado de advogados tanto da câmara de vereadores como do sindicato para que ninguém diga que os mesmos aprovaram o projeto sem intender nada. Para o sindicato dos Servidores Públicos Municipal do Carpina é melhor esperar um pouco e fazer a coisa certa do que aprovar o projeto lei prejudicando a categoria cortando alguns direitos e depois a própria categoria culpar a a enteidade de classe e os vereadores. Quanto aos professores que só pensam em aumento, esses não comparece as reunões das assembléia da categoria e as reuniões da Câmarama de Verdadores para que possa fazer suas críticas construtivas ou negativa com segurança. A preocupação maior dos vereadores e do sindicato é aprovar um Projeto Lei que benefecie todos os profesres ativos e inativos. O prefeito que tem preça na aprovação do Projeto Lei pois tem interesse politico, quer ajustar os salarios dos professores, mas não estar preocupado em preservar os direitos dos trabalhadores em educação, por quê ele acha que paga muito bem alegando que tem professores que ganham até hum mil e oitencots reais. Se existe alguns professores com esse salário é porque tem tempo de serviço e titulações mas com um valaor de hora aula correpondente a R$ 3,40 (três reais e quarenta centavos) para quem tem só o magistério, R$ 4,08 (quatro reais e oito centavos) para quem tem licenciatura e R$ 4,79 (quatro reaia e setenta e nove centaos) para quem tem especialização e assim sucessivamente, conforme o Estatuto do Magistério da categoria que estar com a planilha defasada. Estamos em um ano político, mas não estamos para ser esquecidos. Somos formadores de opiniões, cidadões e profissionais. Para que tenha um país com mão de qualificada é preciso ter professores bem qualifiados e bem remunerados. Na realidade, hoje, temos professores qualificados mas não temos professores bem remunerados. O maior erro dos políticos hoje é fazer orçamento de despezas e re receitas superfatradas, quando vai para a realidade não tem os recursos financeiros para executar o que pois em orçamento principalmente quando se fala de ajuste salarial dos servidores públicos que já é estimado um ao aumento de despesa anualmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Marcadores